A economia solidária enquanto instrumento de cooperação e autogestão

Autores

  • Caroline Rodrigues Alves
  • Gisele Carneiro

Resumo

Resumo

O presente artigo foi realizado como parte das atividades do Grupo de Pesquisa em Economia Solidária e teve como objetivo abordar brevemente a economia solidária: origem, formas como se apresenta e a relação com o Serviço Social.

Palavras-chave: Economia solidária. Cooperativismo. Autogestão. Desigualdade social.

Abstract

This article was carried out as part of the activities of the Solidarity Economy Research Group and it aimed to briefly address the solidarity economy: origin, ways in which it is presented and its relationship with Social Work.

Keywords: Solidarity economy. Cooperativism. Self-management. Social inequality.

Resumen

El presente artículo se elaboró como parte de las actividades del grupo de Investigación sobre Economía Solidaria y tuvo como objetivo tratar brevemente la economía solidaria: su origen, formas como se presenta y su relación con el Trabajo Social.

Palabras-clave: Economía solidaria. Cooperativismo. Autogestión. Desigualdad Social.

Biografia do Autor

Caroline Rodrigues Alves

Estudante do Curso de Serviço Social – Centro Universitário Internacional UNINTER- Curitiba/PR; Integrante do Grupo de Pesquisa sobre Participação Popular no Orçamento Público e Economia Solidária da UNINTER sob Orientação do Professor Doutor Rodolfo dos Santos Silva.

Gisele Carneiro

Assistente Social, Pós-graduada em Sociologia Política pela Universidade Federal do Paraná, Mestre em Direito Cooperativo pela UFPR.

Downloads

Publicado

2020-07-24

Como Citar

ALVES, C. R.; CARNEIRO, G. A economia solidária enquanto instrumento de cooperação e autogestão. Humanidades em Perspectivas, [S. l.], v. 2, n. 3, 2020. Disponível em: https://revistasuninter.com/revista-humanidades/index.php/revista-humanidades/article/view/104. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos