Corporeidade das palavras pelo exemplo e a perspectiva das Cidades Educadoras: aproximações freirianas

Autores

Resumo

Este estudo de caráter bibliográfico e documental teve como objetivo analisar dois aspectos relacionados à Carta da Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE): 1) a relação sujeito e objeto sob um olhar da categoria intenção-compreensão; 2) algumas percepções acerca do conteúdo da Carta da AICE na relação entre conceito e realidade. Considerou-se o contexto das práticas pedagógicas de propagandas envolvendo campanhas intituladas: “tampinhas solidárias”. A perspectiva de análise é fenomenológica ancorada sobretudo nos aportes teóricos freirianos. A problemática central que guiou o desenvolvimento do estudo interrogou: quem ou o que pode estar faltando nas campanhas das tampinhas solidárias que envolvem o conteúdo da Carta da AICE? Os resultados indicam que diferentes abordagens envolvendo os termos “solidária” e “educadora”, quando compreendidas a partir das relações humanas podem se modificar repercutindo nas relações sujeito e objeto, na intenção-compreensão humana e, inevitavelmente, no processo da corporeidade das palavras pelo exemplo.

Palavras-chaves: Cidades Educadoras. Educação. Corporeificação. Paulo Freire.

Abstract

This bibliographic and documentary study aimed to analyze two aspects related to the Charter of the International Association of Educating Cities (AICE): 1) the subject-object relationship under the perspective of the intention-understanding category; 2) some perceptions about the content of the AICE Charter in the relationship between concept and reality. The context of the pedagogical practices of advertisements involving campaigns entitled: “solidarity caps” was considered. The analysis perspective is phenomenological, mainly anchored in Freire's theoretical contributions. The central issue that guided the development of the study questioned: who or what may be missing from the solidarity caps campaigns that involve the content of the Charter of AICE? The results indicate that different approaches involving the terms "solidarity" and "educator", when understood from the point of view of human relations, can change, having repercussions on the subject and object relations, on the human intention-understanding and, inevitably, on the process of the corporeality of words by the human being. example.

Keywords: Educating Cities. Education. Embodiment. Paulo Freire.

Resumen

Este estudio de carácter bibliográfico y documental tuvo como objetivo analizar dos aspectos relacionados con la Carta de la Asociación Internacional de Ciudades Educadoras (AICE): 1) la relación sujeto y objeto desde la perspectiva de la categoría intención-comprensión; 2) algunas percepciones sobre el contenido de la Carta de la AICE en la relación entre concepto y realidad. Se consideró el contexto de las prácticas pedagógicas de campañas publicitarias que involucran iniciativas tituladas: "tapitas solidarias". La perspectiva de análisis es fenomenológica, en gran parte fundamentada en las contribuciones teóricas de Paulo Freire. El problema central que guió el desarrollo del estudio planteó la pregunta: ¿quién o qué podría estar ausente en las campañas de "tapitas solidarias" que involucran el contenido de la Carta de la AICE? Los resultados indican que diferentes enfoques que involucran los términos "solidaria" y "educadora", cuando se comprenden a partir de las relaciones humanas, pueden cambiar y tener un impacto en las relaciones entre sujeto y objeto, en la intención-comprensión humana y, inevitablemente, en el proceso de corporización de las palabras mediante el ejemplo.

Palabras clave: Ciudades Educadoras. Educación. Corporización. Paulo Freire.

Biografia do Autor

Luís Fernando Lopes, Centro Universitário Internacional Uninter

Professor do . 

Alceli Ribeiro Alves, CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER

Doutor em Geografia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre em Geografia pela Queen Mary University (QMUL), Universidade Federal de Londres. Graduado em licenciatura e bacharelado em Geografia pela UFPR. Professor do PPGENT UNINTER. 

Marli Kaczmarek, CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER

Licenciada em Letras. Advogada, professora da Educação Básica. Mestranda em Educação e Novas Tecnologias no PPGENT UNINTER. 

Referências

ASSOCIAÇÃO Internacional de Cidades Educadoras (AICE). Carta das Cidades Educadoras. Barcelona, Espanha, 2020. Disponível em: https://www.edcities.org/wp. Acesso em: 18 ago. 2022.

ASSOCIAÇÃO Internacional de Cidades Educadoras (AICE). Estatuto da Associação Internacional de Cidades Educadoras. 2019. Disponível em: https://www.edcities.org/pt. Aceso em: 18 ago. 2022.

ALMEIDA, Fernando José de, SILVA, Maria da Graça da. Currículo, tecnologia e projeto de nação. Revista Intersaberes, Curitiba, set./dez. 2021. v. 16, n. 39, p. 1049-1071. Disponível em: https://doi.org/10.22169/revint.v16i39.2211. Acesso em: 17 ago. 2022.

ALVES, Alceli Ribeiro; BRANDENBURG, Elena Justen. Cidades Educadoras: um olhar acerca da cidade que educa. Curitiba: Intersaberes, 2018.

ALVES, Alceli Ribeiro, CASTANHEIRA, Nelson Pereira. Projetos inovadores, contextos fundamentais e lacunas de pesquisa na perspectiva das cidades educadoras. Revista Intersaberes, Curitiba, v. 16, n. 39. set./dez. 2021. Disponível em: https://doi.org/10.22169/revint.v16i39.2197. Acesso em: 16 ago. 2022.

BITTENCOURT, Caroline Müller; RECK, Janriê Rodrigues. Políticas públicas de Governo e de Estado – uma distinção um pouco complexa: necessidade de diferenciação entre modelos decisórios, arranjos institucionais e objetivos de políticas públicas de Governo e Estado. Revista de Direito Econômico e Socioambiental, Curitiba, v. 12, n. 3, p. 631-667, set./dez, 2021. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=8255862. Acesso em: 17 ago. 2022.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF. 1988.

Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil. Acesso em: 16 ago. 2022.

CARLOS, Ana Fani Alessandri. A cidade. 9 ed. 5ª reimpressão - São Paulo: Contexto, 2020.

DALLARI, Dalmo de Abreu. Elementos de Teoria Geral do Estado. 2ª ed. São Paulo: Saraiva, 1998.

DARTIGUES, André. O que é a fenomenologia? 3ª ed. São Paulo: Moraes, 1992.

FERNANDES, João Marcelo Negreiros. Corrupção e violação a direitos humanos: obstáculos ao desenvolvimento brasileiro no século XXI. Revista Acadêmica Escola Superior do Ministério Público do Ceará. 2019. Disponível em: https://revistaacademica.mpce.mp.br/revista/article/view/68/60. Acesso em: 17 ago. 2022.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. Tradução de Moacir Gadotti e Lilian Lopes Martin. - Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981. Coleção Educação e Mudança, vol. 1.

FREIRE, P.; FAUNDEZ, A. Por uma Pedagogia da Pergunta. Coleção Educação e Comunicação: v. 15. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Carta de Paulo Freire aos professores - ensinar, aprender: leitura do mundo, leitura da palavra. Ensino básico- Estud. Av. 15(42), agosto, 2001. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0103-40142001000200013. Acesso em: 17 ago. 2022.

LENCIONI, Sandra. Observações sobre o conceito de cidade e urbano. GEOUSP - Espaço e Tempo, São Paulo, n.º 24, p. 109-123, 2008. Disponível em: https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2008.74098. Acesso em: 17 ago. 2022.

MOSER, Alvino; LOPES, Luís Fernando. Tecnologias digitais, Direitos humanos, religião e democracia: desafios e possibilidades no Brasil Contemporâneo. Revista Brasileira de História das religiões, ANPUH, Ano XV, nº 43, maio/ago. 2022. Disponível em: https://doi.org/10.4025/rbhranpuh.v15i43.62391. Acesso em: 16 ago. 2022.

TRILLA BERNET, Jaume. Ciudades Educadoras: bases conceptuales. In: ZAINKO, Maria Amélia Sabbag (org). Cidades Educadoras. Curitiba: Editora da UFPR, 1997.

VIVARTA, Veet. Mídia e Deficiência. Brasília: Andi; Fundação Banco do Brasil, 2003. (Série Diversidade).

WESTHEIMER, Joel; KAHNE, Joseph. What kind of citizen? The politics of educating for democracy. American educational research journal, v. 41, n. 2, p. 237-269, 2004. Disponível em: https://doi.org/10.3102/00028312041002237. Acesso em: 18 ago. 2022.

WESTHEIMER, Joel. What kind of citizen? educating our children for the common good. Teachers College Press: Nova Iorque, 2015.

Downloads

Publicado

2023-08-30

Como Citar

LOPES, L. F.; RIBEIRO ALVES, A.; KACZMAREK, M. Corporeidade das palavras pelo exemplo e a perspectiva das Cidades Educadoras: aproximações freirianas. Humanidades em Perspectivas, [S. l.], v. 5, n. 10, p. 126–144, 2023. Disponível em: https://revistasuninter.com/revista-humanidades/index.php/revista-humanidades/article/view/202. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos